Parcerias e supervisão em educação em línguas: Dinâmicas colaborativas para um currículo integrado e uma dinâmica contextualizada –Concelho de Arouca

Equipa: Ana Sofia Pinho

Objetivos

  1. Constituir parcerias universidade-escola (s) no âmbito da educação em línguas e do desenvolvimento curricular, alicerçadas em dinâmicas de investigação colaborativa e de supervisão, enquanto atividade de regulação coletiva dos processos de formação e de investigação sobre as práticas.
  2. Desenvolver projetos de integração curricular a partir da educação em línguas, de natureza colaborativa e contextualizada.
  3. Compreender possibilidades contextuais de desenvolvimento curricular integrado em educação em línguas.
  4. Desenvolver conhecimento sobre os processos de supervisão no seio das parcerias e sobre o envolvimento dos atores nesses mesmos processos;

4.1.      Descrever as práticas de supervisão pré-planeadas e espontâneas desenvolvidas na parceria com vista à concretização dos objetivos a delinear no quadro do trabalho conjunto;

4.2.      Compreender o papel da supervisão na inovação curricular no âmbito da educação em línguas, no desenvolvimento profissional dos atores e na (re) configuração das dinâmicas da parceria.

 

  1. Identificar benefícios para os parceiros envolvidos e fatores facilitadores/inibidores da construção deste tipo de parceria, da investigação colaborativa sobre as práticas e do desenvolvimento curricular integrado em educação em línguas.

 

Atividades a realizar:

– Constituição de parcerias (protocoladas) entre a universidade e as escolas;

– Negociação/Conceção do plano de trabalho com as escolas (nas dimensões didático-curricular, formativa e supervisiva), em função das características e dinâmicas dos contextos, e sua operacionalização e monitorização;

– Construção e validação de instrumentos de apoio à investigação;

– Recolha e análise de dados;

– Disseminação do projeto, das dinâmicas das parcerias e dos resultados da investigação (em modalidades várias).

 

O que é pedido às escolas/agrupamentos:

– Desenvolvimento de projetos de integração curricular a partir da educação em línguas, baseados em dinâmicas de natureza colaborativa e contextualizada, e em parceria com a universidade;

– Desenvolvimento de investigação colaborativa sobre as práticas e participação na supervisão das dinâmicas formativas e educativas emergentes;

– Reflexão sobre as condições de possibilidade de propostas de integração curricular a partir da educação em línguas em contexto escolar e sobre a constituição de parcerias universidade-escola nesse âmbito (dimensões curricular e didática; profissional; e institucional e inter-contextual);

– Disseminação conjunta (com a universidade) dos projetos e materiais pedagógicos construídos e dos resultados do trabalho em parceria.

 

Sujeitos e organizações envolvidos no Projeto atualmente: Agrupamento de Escolas de Arouca e Agrupamento de Escolas Francisco de Arruda, Lisboa.

 

Duração prevista (início/termo): em permanência.

Contacto: Ana Sofia Pinhoaspinho@ie.ulisboa.pt

Partilhar...